10. MONITORAMENTO PERMANENTE

Administrar e assessorar hospitais, prestar consultoria a instituições da área de saúde, com o mote de implantar novos modelos de gestão e novas metodologias de atuação são objetivos audaciosos, cujos resultados aparecem a médio e longo prazo.
Desta forma, a Cruz Vermelha tem, no monitoramento permanente dos processos, a chave estratégica que permite uma concentração de esforços que faz com que os bons resultados se perpetuem e se solidifiquem. Isto se torna possível com a aplicação de nossa experiência, qualidade e pelo histórico de bons resultados no gerenciamento de situações adversas extremas, quando o monitoramento permanente fornece o diferencial competitivo que caracteriza as ações de Cruz Vermelha no mundo todo.
O processo de monitoramento é estabelecido através de uma lógica que busca entender as necessidades de cada cliente, estabelecendo níveis de disponibilidade de serviços acordados com cada hospital. São mapeados os pontos críticos de cada processo, e formalizados indicadores que servem para o acompanhamento e participação de todos os envolvidos, o que acaba por denotar maior confiança nos processos, segurança nos resultados

Todos os processos e procedimentos realizados na gestão da Cruz Vermelha passam por um rigoroso controle, construído a partir de normas nacionais e internacionais de qualidade.